Princípios do administrador à luz de grandes pensadores

Para atender as necessidades oriundas da sociedade moderna, o administrador deve estar focado no futuro para preparar sua gestão, de forma a enfrentar os novos desafios que surgem, seja por meio de novas tecnologias, novas condições sociais e culturais, seja por meio de novos programas, novos projetos e serviços, além disso, deve pensar globalmente, ver o mundo na ótica da racionalidade humanística, conhecer a história da humanidade e agir localmente (atuar in loco).

Segundo estudos no campo da Teoria Geral da Administração, Idalberto Chiavenato (2012) elucida que, para conduzir sua gestão à excelência em qualidade e ao sucesso econômico, o administrador deve ter espírito empreendedor, aceitar desafios, assumir riscos, saber ouvir as pessoas, tratar a todos com respeito e cordialidade, ter carisma, o gosto pelo diálogo com sua equipe de servidores e com a sociedade civil.

Nas palavras de Peter Drucker (2014), o administrador deve ter a capacidade de estabelecer conexões com as pessoas, primando pelo consenso, ter o senso da coletividade, sendo assim, compartilhar com todos os colegas o êxito das conquistas, dos resultados e dos avanços, reconhecendo os esforços de todos.

Ainda por este ângulo, um outro renomado pensador das Ciências Sociais, Antônio Cesar Amaru Maximiano (2010) discorre sobre a característica vital de delegar poder à equipe, há o mito do super-herói, aquele que acumula as decisões, centralizador, que é a referência para os demais, porém, o gestor moderno precisa horizontalizar o trabalho e dar mais poder à equipe, motivando-a e ao mesmo tempo, auxiliando-a no cumprimento das tarefas delegadas.

Já Eunice Lacava Kwasnicka (2009) instrui os gestores para a essência da humildade, necessária e suficiente para ouvir sua equipe, servidores, profissionais de outras áreas e setores, ouvir professores e especialistas, e ainda, outras pessoas experientes em gestão, que mesmo em cargos ou funções inferiores à sua, podem colaborar em determinados assuntos ou mesmo um ponto de vista diferente que o auxilie a solucionar o problema em questão.

Desta forma, a administração na sociedade moderna tornou-se vital e indispensável, em uma sociedade de organizações, na qual a complexidade e a interdependência das organizações constituem o aspecto crucial, a administração avulta como o fator- chave para a melhoria da qualidade de vida e para a solução dos problemas mais complexos que afligem a comunidade nos dias atuais.

Assim sendo, Drucker (2014, p.421) assevera que: Cada integrante da gestão, presta a ela uma contribuição diferente, mas todos devem colaborar para o alcance da meta comum, a preservação de direitos e o respeito aos cidadãos e cidadãs, e ainda, o administrador poderá deixar marcas profundas na vida das pessoas, pois lida com elas e com seus destinos e influencia o comportamento da sociedade.

Professor Darlon

Professor Darlon

Educar é investir em um futuro melhor para a nossa sociedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *